O homem diz que foi atacado porque está em “total oposição Black Lives Matter”. O Homem levava uma bandeira nazista no seu carro.

Jesus Seineke, que vive em Alpine, San Diego, leva uma bandeira nazista na parte de trás de seu SUV quando ele dirige pela área local.

Um homem que mora nos Alpes, em San Diego, foi visto carregando uma bandeira nazista de seu carro. Jesus Seineke disse à NBC7 que ele era doind que mostra sua “total oposição à Black Lives Matter ou apoia qualquer coisa relacionada a gays”.

Seineke, pai de dois filhos, disse que em 28 de junho ele foi atacado e teve sua bandeira danificada quando estava estacionado em frente a uma farmácia da Rite Aid, mas não ficou ferido.

Alguns dos vizinhos de Seineke disseram à NBC que estão enojados com a bandeira na traseira do carro, e ele próprio admite que a esconde quando está em casa para evitar retaliações.

Jerry Bulinski, que vive em uma área vizinha, disse à NBC que a bandeira “apenas representa os ideais errados. É apenas uma parte horrível da história e não deve ser comemorada. “

Outro morador, Nycki Koch acrescentou: “Às vezes, quando vejo, penso: ‘Oh meu Deus, o que está acontecendo aqui’”.

No mês passado, Kyndal McVey, em Oklahoma, foi baleada várias vezes nas costas enquanto tentava remover uma bandeira nazista do jardim de um homem, depois que ela estava em uma festa perto de sua casa.

Quando ela tentou pegar uma das duas bandeiras nazistas que voavam no jardim da frente da casa de Alexander Feaster, ele teria atirado nela quatro vezes nas costas com um rifle semi-automático.

Espera-se que ela se recupere dos ferimentos, mas as autoridades confirmaram que ela pode ser acusada de tentar tirar a bandeira da propriedade de Feaster.