O ex-chefe da segurança espacial israelense diz que extraterrestres existem e Trump sabe disso

Uma “federação galáctica” está esperando que os humanos “alcancem um estágio em que compreenderemos … o que são o espaço e as espaçonaves”, disse Haim Eshed.

A “Federação Galáctica” de alienígenas está em contato com os EUA e Israel há anos, mas a humanidade não está pronta para saber, de acordo com o ex-chefe da segurança espacial israelense Haim Eshed.

Eshed, que foi chefe do programa de segurança espacial de Israel por quase 30 anos, disse ao jornal israelense Yediot Aharonot que a cooperação entre os EUA e a Federação Galáctica inclui uma base subterrânea em Marte. Ele acrescentou que o presidente Donald Trump está ciente dos alienígenas e está perto de revelar a verdade.

No entanto, de acordo com Eshed, a Federação Galáctica impediu Trump de revelar sua existência para prevenir a histeria, já que a humanidade não está pronta.

“Os Objetos Voadores Não Identificados pediram para não publicar que estão aqui, a humanidade ainda não está pronta”, disse Haim Eshed, ao jornal israelense Yediot Aharonot. A entrevista em hebraico foi veiculada na sexta-feira e ganhou força depois que as peças foram publicadas em inglês pelo Jerusalem Post na terça-feira.

A notícia gerou uma onda de memes nas redes sociais, com muitos usuários do Twitter brincando sobre o estado do mundo e o que os supostos alienígenas devem pensar de nós.

“Terra: ‘Podemos nos juntar à Federação Galáctica?’ / A Federação Galáctica:” foi postado junto o meme de garotas olhando enojadas para alguém em uma festa, mas editadas para parecerem alienígenas, com pele roxa e verde.

Outro usuário do Twitter disse: “Estou enviando sinais para a Federação Galáctica para me levar com eles” e anexou um vídeo de um cara dançando com fogos de artifício.

O mesmo usuário acima também twittou: “URGENTE: Alien da Federação Galáctica capturado na câmera após algumas doses de tequila”