Bebê na capa de “Nevermind” processa o Nirvana

Man Photographed As A Baby On 'Nevermind' Cover Sues Nirvana For Sexual Exploitation

A capa de Nevermind, um álbum do Nirvana de 1991 que teria ajudado a redefinir a música rock.

Esse bebê – o agora com 30 anos de idade Spencer Elden – está processando o Nirvana por exploração infantil e pornografia, dizendo que a banda distribuiu conscientemente a foto de Elden nu como um bebê e lucrou com isso.

Ele está pedindo $ 150.000 dólares em danos contra cada um dos réus, que incluem membros da banda, espólio de Kurt Cobain, fotógrafo Kirk Weddle, Universal Music, Geffen Records, Warner Records e MCA Music.

A foto da capa foi tirada por Weddle, que era amigo do pai de Elden. O processo acusa Weddle de produzir uma foto “sexualmente gráfica” de Elden. Ele acrescenta que inicialmente houve resistência contra apresentar os órgãos genitais de Elden na capa do álbum e o plano era colocar um adesivo sobre ele.

“O adesivo, entretanto, nunca foi incorporado à capa do álbum”, afirma o processo.

Os pais de Elden também nunca assinaram um documento autorizando o uso da imagem, e ninguém da família recebeu qualquer compensação.

“A verdadeira identidade e o nome legal de Spencer estão para sempre ligados à exploração sexual comercial que ele experimentou como menor de idade”, escreveu Robert Lewis, o advogado de Elden, no processo.

Marcações: